Blog

Mercado

facebook twitter gmais
Por Cws | 23/08/2019 ás 12:00:00

Caixa lança linha de financiamento imobiliário corrigido pelo IPCA

Linha terá taxa mínima de 2,95% do valor financiado ao ano mais correção monetária pelo IPCA e taxa máxima de 4,95% ao ano mais IPCA
img

A Caixa Econômica Federal lançou uma linha de financiamento habitacional que irá atualizar o saldo devedor pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A medida vale para contratos enquadrados no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI).

Regulamentada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), a nova modalidade de financiamento já havia sido anunciada pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, na última semana. Segundo ele, a modalidade representa uma revolução no mercado. “É uma redução do custo do crédito, algo que a gente acredita que vai ter impacto no crescimento econômico dos próximos anos. Vai ter mais emprego, mais crédito e vai movimentar a economia”, afirmou.

A linha terá taxa mínima de 2,95% do valor financiado ao ano mais correção monetária pelo IPCA e taxa máxima de 4,95% ao ano mais IPCA. Os juros dependem do nível de relacionamento do cliente com o banco e passam a valer a partir de 26 de agosto para novos contratos. Os documentos terão prazo máximo de 360 meses, e quota máxima de financiamento de 80%.

A correção do crédito imobiliário com base no IPCA é opcional. Se tiver interesse, o cliente pode manter a correção pela Taxa Referencial (TR), que é praticada atualmente.

“A Caixa oferecerá o crédito imobiliário corrigido pelo IPCA ou pela TR (Taxa Referencial). Outra vantagem desta operação é que o banco vai poder vender parte desse crédito de uma maneira mais fácil. Vamos securitizar parte do que a Caixa ‘originar’. Isso vai ser muito importante para o mercado de capitais”, disse o presidente da Caixa.

A simulação de financiamento com os novos juros pode ser realizada no site da CAIXA

 

Banco do Brasil

 

O Banco do Brasil (BB) também lançou uma nova modalidade de financiamentos imobiliários, que irá funcionar com juros diferenciados conforme o prazo de operação. A medida inédita busca suprir a demanda por financiamentos mais curtos com taxas menores e será válida para linhas do SFH e para a Carteira Hipotecária (CH).

A nova modalidade terá taxas a partir de 7,99% ao ano mais TR para financiamentos de 60 meses. Já financiamentos de 359 a 418 meses terão juros a partir de 8,45% ao ano mais TR.

A simulação pode ser feita na página bb.com.br/imoveis

Fonte: AECweb

0 Comentários

Deixe seu comentário

Galeria Fotos

Contato